O QUE PESQUISAR QUER DIZER
Rated 3.5/5 based on 11 customer reviews

O QUE PESQUISAR QUER DIZER

  • Disponibilidade: Em estoque
R$ 27,00
Quantidade somente 35 ainda em estoque!
Como fazer textos acadêmicos sem medo da ANBT e da CAPES, optou-se por mostrar que este manual de antimetodologia é antes de tudo uma defesa de metodologias pluralistas, abertas, que ajudem a abrir caminho e não se tornem fins em si mesmas. Propõe-se uma metodologia, construída a partir de inúmeras fontes e áreas, capaz de ser utilizada amplamente nas ciências sociais, em especial no campo da comunicação. O texto vai além da proposta de uma metodologia. Discute as condições de produção da pesquisa no Brasil, aplica a metodologia proposta em alguns casos e atreve-se, com senso de humor e ironia, a relativizar o "terrorismo da ABNT", que tanto apavora estudantes e jovens orientadores, chicote normativo usado muitas vezes como único parâmetro de avaliação por juízes que parecem carrascos obcecados por normas que soam, com frequência, arbitrárias e inconstantes. Faz também ponderações sobre o sistema de avaliação da CAPES, instituição com "poder de polícia" sobre as pesquisas.
Como fazer textos acadêmicos sem medo da ANBT e da CAPES, optou-se por mostrar que este manual de antimetodologia é antes de tudo uma defesa de metodologias pluralistas, abertas, que ajudem a abrir caminho e não se tornem fins em si mesmas. Propõe-se uma metodologia, construída a partir de inúmeras fontes e áreas, capaz de ser utilizada amplamente nas ciências sociais, em especial no campo da comunicação. O texto vai além da proposta de uma metodologia. Discute as condições de produção da pesquisa no Brasil, aplica a metodologia proposta em alguns casos e atreve-se, com senso de humor e ironia, a relativizar o "terrorismo da ABNT", que tanto apavora estudantes e jovens orientadores, chicote normativo usado muitas vezes como único parâmetro de avaliação por juízes que parecem carrascos obcecados por normas que soam, com frequência, arbitrárias e inconstantes. Faz também ponderações sobre o sistema de avaliação da CAPES, instituição com "poder de polícia" sobre as pesquisas.